A traição de Rita Hayworth (Manuel Puig)

sexta-feira, 19 de novembro de 2010 |


'A traição de Rita Hayworth' é um relato semi-autobiográfico que analisa a influência dos filmes na cultura e no dia-a-dia de uma pequena cidade da Argentina entre os anos 1930 e 40, com seus sonhos, frustrações, símbolos e mitos. A linguagem de Puig busca uma fidelidade e uma intimidade com o coloquial, construindo a narrativa de formas inusitadas - conversas telefônicas, cartas, diários, redações e diálogos de filmes. 

São três bonequinhos, com a dama antiga, de penteado para cima com peruca grande, e a saia-balão mais cara de seda, os três bonequinhos têm meias brancas compridas até a calça de seda até o joelho, as bonecas de roupa de seda e os bonecos com roupa de seda também, mamãe, e o cachecol branco dos homens igual ao seu, com a rendinha, e a peruca branca, são de porcelana e estão de pé numa prateleira, da mãe do menino da casa em frente, que são duros, não são de comer, com a mesma roupa dos bonecos com caras de bobos, são bons, olham todos para uma boneca que está sentada no balanço, desenhados na tampa de sua caixa de carretéis, guardada junto com a toalha de mesa e os guardanapos, a caixa que antes tinha bombons. Com a mesma roupa iam fantasiados à festa em benefício da Escola 3 e dançaram o número dos meninos mais velhos vestidos como os bonecos, a gavota, o número mais bonito da Escola 3, mamãe! Por que você não chegou? Com papai, por que mamãe de plantão na farmácia perdeu todos os números que os meninos da Escola 3 fizeram? Era um bonequinho, e uma bonequinha, e uma arvorezinha e uma casinha, todos que acabaram numa ponta de palito para espetá-los no bolo de nozes? Ou era de doce de leite? Mamãe, você comeu o bonequinho, eu comi o outro, de chapéu verde, e a cabeça? Os bonequinhos sentem dor quando os comem? E a Felisa, a arvorezinha que também era de açúcar, pintados de todas as cores. Papai não gosta de doce, mas o menino da casa em frente está na segunda série e ficou sem o canário, deixe que eu troco a água, "não, não", o menino da casa em frente por que eu estive uma semana no jardim da infância e não quis ir mais? Na festa beneficente os menores que estiveram o ano inteiro no jardim da infância fizeram o número dos anõezinhos e eu não gostei.
 http://www.4shared.com/document/Xy7Af1ll/Manuel_Puig_-_A_Traio_de_Rita_.html

Marcello M.

0 comentários: