Livros de Eric Hobsbawm para download

domingo, 8 de fevereiro de 2015 |

Hobsbawm (1917-2012), foi um historiador marxista, britânico (nascido no Egito sobre o domínio britânico), formado em história pela Universidade de Cambridge teve como um dos principais temas de seus estudos as tradições. Alguns de seus livros disponíveis para download:


 A era do capital 1848- 1875

"O período que o livro abarca é relativamente curto, mas sua dimensão geográfica é extensa. Escrever sobre o mundo de 1789 a 1848 em termos de Europa – em outras palavras, quase que sobre a Inglaterra e França – não é irreal. Porém, já que o tema mais importante do período após 1848 é a expansão da economia capitalista a todo o planeta, a conseqüência inevitável é a impossibilidade de escrever uma história puramente européia, e seria absurdo escrever esta história sem dar uma atenção especial aos outros continentes."

Era dos impérios 1875-1914

"Os centenários foram inventados no fim do século XIX. Em algum momento entre o centésimo aniversário da Revolução Americana (1876) e o da Revolução Francesa (1889) - ambos comemorados com as exposições internacionais de praxe - os cidadãos instruídos do mundo ocidental tomaram consciência do fato de que aquele mundo, nascido entre a Declaração de Independência, a construção da primeira ponte de ferro do mundo e a tomada da Bastilha, estava
completando cem anos. Qual seria o resultado de uma comparação entre o mundo dos anos 1880 e o dos anos 1780?"
 
Era dos extremos

"Este livro, portanto, assenta-se sobre alicerces estranhamente irregulares. Além da ampla e variada leitura de muitos anos, complementada por toda a leitura necessária para dar cursos de história do século xx aos pós-graduandos da New School for Social Research, recorri ao conhecimento, às memórias e às opiniões acumulados por uma pessoa que viveu o Breve Século xx na posição de "observador participante", como dizem os antropólogos sociais, ou simplesmente como um viajante de olhos abertos, ou como o que meus ancestrais chamariam kibbitzer — e isso em inúmeros países."

Ecos da Marselhesa

"Este livro é uma versão relativamente ampliada de três Conferências Mason Welch Gross que fui convidado a dar na Universidade de Rutgers, New Brunswick, New Jersey, em abril de 1989. (...)"


Nações e nacionalismo desde 1780

[Este livro] "(...) representa a sistematização desse esforço por parte de Hobsbawn, a partir de conferências realizadas em Belfast, que desemboca num balanço do nacionalismo no final do século XX. Hobsbawn destaca como, desde a Segunda Guerra Mundial e especialmente desde os anos 60, as economias nacionais têm sido questionadas por uma nova divisão internacional do trabalho, que inclui organizações supranacionais acima do controle dos governos."




E-books infanto juvenil

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015 |

Livros infanto-juvenil para download.

Viagens de Gulliver, Alice no País das Maravilhas e outros tantos, aproveitem esta dica:


http://www.elivros-gratis.net/elivros-gratis-infanto-juvenil-2.asp

Facebook do Cabeceira: https://www.facebook.com/pages/Cabeceira-Digital/329153993767878?ref=hl

Domínio Público

domingo, 25 de janeiro de 2015 |

Em cada país as obras de seus autores se tornam domínio público depois de algumas gerações de seus descendentes, no Brasil são 70 anos após a morte do autor, mas o site The Public Domain Review (.org) se encarrega de nos ajudar a saber quais obras já caíram segundo as leis de seus próprios países.

Vejam o site: http://publicdomainreview.org

Nele é possível navegar pelos domínios públicos fílmicos, imagéticos, livros, etc. 


O Brasil Post este ano anunciou vários livros populares que estão livres, liberados de direitos autorais e podem circular livremente entre nós.

Vejam: http://www.brasilpost.com.br/2015/01/02/obras-dominio-publico-2015_n_6406778.html?utm_hp_ref=mostpopular

E para nos acompanhar também no facebook não se esqueçam: https://www.facebook.com/pages/Cabeceira-Digital/329153993767878?fref=nf

Táticas Revolucionárias - Mijail Bakunin

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015 |

Para baixar livro "Táticas Revolucionárias", de Majail Bakunin, em espanhol, sigam este link:

http://www.kclibertaria.comyr.com/lpdf/l163.pdf

Admito que el orden actual, tanto el político como el civil y el social existentes en cada país, es el resumen final o el resultado del choque, de la lucha, del triunfo y de la aniquilación mutua, como así también de la combinación e interacción de todas las fuerzas heterogéneas, tanto internas como externar, que operan en un país y actúan sobre él. ¿Qué se deduce de esto? En primer lugar, que es posible un cambio del orden dominante y que tal cambio sólo puede darse como resultado de la modificación del equilibrio de fuerzas que actúan en una sociedad.
A fin de resolver cómo el equilibrio existente de las fuerzas sociales fue modificado en le pasado y cómo puede ser modificado en el presente -lo que constituye un importante problema- debemos examinar más de cerca la naturaleza esencial de esas fuerzas.
Tal como ocurre en el mundo orgánico e inorgánico, donde todo lo que vive o simplemente existe -en sentido mecánico, físico o químico- influye su entorno en alguna medida, en la sociedad humana hasta el ser más humilde encarna una pequeña parte de la fuerza social. Por cierto que esta fuerza, tomaba aisladamente o en comparación con la inmensa totalidad de las fuerzas sociales, resulta insignificante y su efecto es casi nulo. Es decir, si yo solo, sin ayuda, tratara de cambiar el orden existente, únicamente porque no me satisface -y sólo a mí no satisface-, demostraría ser un tonto detestable y nada más que eso.
Sin embargo, si tuviéramos diez, veinte o treinta personas que persiguen la misma meta, eso sería algo más serio, aunque todavía tristemente inadecuado, a menos que la meta final fuera trivial e insignificante. Los esfuerzos combinados de unas pocas decenas de personas deben ser tomados mucho más seriamente que los de una sola persona, no solamente porque su número sea mayor -en una sociedad de muchos millones la suma de unas pocas decenas de unidades es casi nula comparada con la totalidad de las fuerzas sociales- sino porque allí donde unas pocas decenas de individuos unen sus esfuerzos para lograr un objetivo común nace una nueva fuerza que excede en mucho la simple suma de sus esfuerzos individuales aislados...


Fonte: http://portaloaca.com/pensamiento-libertario/libros-anarquistas/9853-libro-tacticas-revolucionarias-mijail-bakunin.html

Cabeceira nas redes sociais

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015 |

Para facilitar o acesso e a visualização de nossas atualizações o Cabeceira também participa:

do Facebook: https://www.facebook.com/pages/Cabeceira-Digital/329153993767878?ref=hl

e do Twitter: @cabeceiradig
https://twitter.com/cabeceiradig

Outra indicação do Cabeceira são os cursos online oferecidos pelo site da UnivespTV. Tem História da Arte, História da Música, Filosofia e Intuição Poética e vários outros que podem ser conferidos no site.

Deixamos aqui os links para os vídeo que mais têm relação com o Cabeceira, o curso de Introdução à Teoria da Literatura, com o professor Paul H. Fry gravados na Universidade de Yale.

Aula 1 - Introdução à Teoria da Literatura


Aula 2 - Ceticismo e Determinismo


Aula 3 - Entradas e saída do círculo hermenêutico

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=AkM1kgFBYX4

Aula 4 - Leitura Configurativa


Aula 5 - A Ideia da Obra de Arte Autonoma


Aula 6 - A Nova Crítica e Outros Formalismos Ocidentais


Aula 7 - Formalismo Russo


Aula 8 - Semiótica e Estruturalismo


Aula 9 - Linguística e Literatura


Aula 10 - Descontrução I


Aula 11 - Desconstrução II


Aula 12 - Freud e Ficção


Aula 13 - Jacques Lacan em Teoria


Aula 14 - Influência


Aula 15 - A Psique Pós-Moderna


Aula 16 - A Permeabilidade Social do Leitor e do Texto


Aula 17 - A Escola de Frankfurt e a Teoria Crítica


Aula 18 - O Inconsciente Político


Aula 19 - O Novo Historicismo


Aula 20 - A Tradição Feminista Clássica


Aula 21 - Crítica Afro-Americana


Aula 22 - Crítica Pós-Colonial


Aula 23 - Teoria Queer e a Performatividade de Gênero


Aula 24 - A Construção Institucional do Ensino Literário


Aula 25 - O Fim da Teoria? Neo-Pragmatismo


Aula 26 - Reflexões, quem não odeia teoria agora?



 

Organizando os PDF's

terça-feira, 6 de janeiro de 2015 |

Hoje vou deixar uma dica para quem tem vários PDF's, mas nunca sabe o que ler e quando sabe não encontra. O programa "Calibre" está disponível para Windows, Mac, Linux e em versões portáteis.

Além de poder pesquisar por nomes dos livros ou autores, você pode criar tags para organizar seus livros por assuntos ou gêneros, há como editar com facilidade para exportar os livros direto para um dispositivo, ou com o formato que você preferir, modificando tamanho de letras e espaçamento, por exemplo.

Pra fazer o download: http://calibre-ebook.com/download

*Pelo linux pode ir direto pela central de programas.

Depois de instalar, basta importar todos a pasta (ou as pastas) onde você guarda seus livros.




Edite inserindo nomes dos livros, autores e se quiser coloque tags, para facilitar a busca: 





E o melhor, se você utiliza algum aparelho para leitura que não é seu computador, como leitores de ebook, tablet, você já pode configurar para exportar direto para o dispositivo no formato correto: 



No meu caso está configurado como "Saída MOBI", se você quiser configurar outro formato, basta clicar no botão de saída e definir sua versão.

Feliz 2015, cabeceira de volta!

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015 |

Sei que vários dos links aqui estão quebrados, infelizmente não tenho mais tempo para manter os links ativos, buscar promoções e parceiros como antes, mas sigo lendo e baixando pdf's, por isto, tratarei neste ano de indicar mais coisas, mas nada de links próprios mais.

Hoje vou deixar um biblioteca imensa de livros de literatura, teorias narrativas e literárias, cinema, artes:

https://drive.google.com/folderview?id=0B4UG_F2QeFUlckRDOG5uMVZmWlU&usp=sharing
Vejam no google drive obra a obra e baixem o que quiserem, sei que há um torrent com todos os livros, se eu encontrar volto a postar.

Também nos sigam no Twitter: https://twitter.com/cabeceiradig
Por enquanto não voltarei com a conta no Facebook, pra ver se darei conta do blog antes de disparar a criar várias contas.

Sobre nossa promoção

sexta-feira, 18 de maio de 2012 |

Como é nossa primeira promoção via Facebook percebemos alguma dificuldade dos leitores participarem.

1 - Para participar é seguir nossa página, para isso é necessário acessá-la e clicar em curtir:

https://www.facebook.com/pages/Cabeceira-Digital/329153993767878

2 - Em seguida clique na aba "Promoções" e em "quero participar".

3 - Compartilhe a imagem da promoção.

Para facilitar criamos a imagem abaixo (clique nela para ampliar).

Abraços e boa sorte.


Sorteio do livro "Tiranos e Tiranetes"

quarta-feira, 16 de maio de 2012 |

O saqueado subcontinente passou por diversas ditaduras, quase sempre apoiadas pelo querido Tio Sam, além de oprimirem nossos países sob rigorosos regimes, perseguirem opositores e seus familiares, desviarem as riquezas para contas no exterior esses senhores nos prestaram o serviço de deixar uma sociedade apática, sem   impulso para protestos, imobilizados perante à tamanha desigualdade herdada desses regimes ditatoriais. No livro "Tiranos e tiranetes" Calos Taquari vai além dos crimes militares, depois de uma pesquisa de 10 anos o jornalista foi capaz de escrever pequenas biografias dos ditadores, suas mentes insanas, cotidiano, amantes, manobras no governo e queda. O primeiro capítulo já começa amargo, a trágica história do Haiti poderia ser uma das mais bonitas do mundo, o primeiro dos latino-americanos a conquistar a independência é hoje o país mais pobre de todos, um aviso enorme "não levantem-se contra nós, apenas obedeçam, calados".

Quando a região finalmente começa caminhar com passos próprios (artigo em espanhol), tomar rumos não maquinados por países europeus ou norte-americanos é que esses períodos escuros de nossa história vêm à tona. Precisamos entender nossa própria história para caminhar adiante sem cometer os mesmos erros. E é para desvendar um pouco mais com que sangue escrevemos a história dada como pacifica dos povos latino-americanos que Carlos Taquari nos trás esse livro.


E o Cabeceira Digital, em parceria com o selo "Civilização brasileira" da Editora Record, sorteará um exemplar do livro para os leitores deste blog. Para participar é necessário:

1 - Curtir nossa página no Facebook.
2 - Inscrever na promoção. (em nossa página clique na aba "promoções" e no botão "quero participar".
3 - Compartilhar a imagem de divulgação da promoção.